sexta-feira, 9 de março de 2012

Acre continua no topo dos estados com maiores percentuais de cheques devolvidos

Entra mês e sai mês e os estados do Acre e de Roraima seguem ostentando os 2 primeiros lugares de um ranking nada positivo. Trata-se da lista dos estados brasileiros com maiores índices de inadimplência no pagamento de cheques. De acordo com o balanço mensal do Indicador Serasa Experian (principal medidor da categoria), divulgado na manhã de hoje (8), o Acre é o segundo estado com o maior percentual de cheques devolvidos (ou sem fundos) do país, com 14,32%. Roraima é o primeiro, com um índice de 15,04%.
Os números divulgados são todos referentes ao mês de fevereiro. No entanto, na maioria dos meses de 2011 - e já no começo deste ano - Acre e Roraima vêm mantendo, consecutivamente, o topo do ranking do Serasa Experian. Neste último resultado, os dois dispararam, com mais de 4,37 pontos percentuais à frente do 3º lugar: o Amapá (9,95%).
Para se ter um ideia de quanto os índices do Acre e de Roraima são altos, ao se comparar seus percentuais com o de São Paulo (Estado com a menor proporção de cheques devolvidos), que é foi de 1,45%, a diferença chega a ser de 10 vezes menor. Já com a média nacional, que foi de 1,97% cheques devolvidos, a diferença ainda é grande. O Acre fica com um índice 7,2 vezes maior e Roraima fica com 7,6 vezes de superioridade. Segundo o estudo, Acre, Roraima, Distrito Federal e mais 15 estados ficaram acima da média nacional.
Em relação à média regional, o Indicador Serasa Experian aponta que o Norte (região com a maior média de cheques sem fundos) fica com um índice de 4,50%. Isto é, 3,1 vezes menor do que o índice acreano e 3,3 vezes inferior a situação de Roraima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário