sexta-feira, 9 de março de 2012

Rio Acre volta a subir e retirada de famílias dos abrigos é suspensa


O Rio Acre apresentou uma grande ‘vazante’ na última semana, deixando o seu nível abaixo da cota de alerta. Mas a situação se reverteu e ainda preocupa. Com as chuvas na Capital e em Brasileia, Assis Brasil e Xapuri, o nível voltou a subir.
 Na última quarta-feira, o rio apresentava a marca de 12,46 metros. Já no começo da manhã de ontem (8), o nível apontava 13,40 m, subindo quase 1 metro em menos de 24 horas. No final do dia, a régua marcava 13,48 m. Ou seja, estava a apenas 2 cm da cota de alerta da Capital (que é de 13,50 m). A situação dos municípios é a mesma: Assis Brasil (7,50 m), Brasileia (7,50 m) e Xapuri (10,36 m).
De acordo com o coronel Gilvan Vasconcelos, coordenador da Defesa Civil Estadual, a retirada das famílias dos abrigos foi suspensa. “Temporariamente, paramos de retirar as famílias dos abrigos. As que estão saindo, estão sendo encaminhadas para o aluguel social. Não iremos colocá-los em risco novamente. Já aqueles que saíram por conta própria estão assinando um termo de responsabilidade”, informou.
 Havia previsão de chuvas, mas com pouco volume. Gilvan afirmou que, nos próximos dias, as chuvas não irão cessar. “O clima muda bastante. Estava previsto chuvas com p
oucos milímetros. Mas não foi isso que aconteceu. Claro que é preocupante, mas a Defesa Civil está pronta para qualquer situação”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário